X
Publicidade
BLOG
16 JUN 2016 - MUNICÍPIOS
Santa Catarina - Servidora Armou Geral
Acusada de participar de um esquema de desvio de verbas no Estado, a servidora Neuseli Junckes Costa, lotada na Secretaria da Fazenda do Estado de Santa Catarina, acabou presa preventivamente nessa última segunda-feira, dia 13 de junho.

O Ministério Público Catarinense já move outras 16 ações penais contra a ré, todas por desvios de recursos públicos por meio de supostas concessões de subvenções sociais. A servidora era responsável pelo empenho, liquidação e pagamento de subvenções sociais concedidas irregularmente. Era ela também que dava baixa na prestação de contas, mesmo quando inexistentes.

As autoridades policiais e o Ministério Público do Estado desarticularam esse grande esquema criminoso, que envolvia pessoas físicas e jurídicas, dentre os quais políticos, servidores públicos, dirigentes e associações. Ao todo foram identificadas irregularidades em 196 procedimentos relacionados à concessão de subvenções para 111 entidades, a maioria na região Sul de Santa Catarina.

O prejuízo aos cofres públicos do Estado pode atingir mais de R$ 6 milhões.

Fonte: MPSC - https://www.mpsc.mp.br/noticias/presa-por-desvio-de-subvencoes-sociais-e-re-em-outras-16-acoes-penais-ajuizadas-pelo-mpsc, em 16/06/2016.
BEM-VINDO AO BLOG

Sem dúvida sua colaboração enriquecerá o debate e poderá auxiliar outros visitantes que estejam pesquisando o tema em pauta. Se for de seu interesse podemos divulgar seu artigo. Envie-nos seu material e anexe o arquivo respectivo. Os artigos deverão versar sobre matéria tributária ou gestão pública e vir acompanhados de um breve curriculum do autor.


CATEGORIAS

BRASIL (40)
ECONOMIA (1)
FERRAMENTAS ELETRÔNICAS (2)
GESTÃO PÚBLICA (51)
HUMOR (29)
ISSQN (4)
LISTA DE SERVIÇOS - ENQUADRAMENTO (1)
MUNICÍPIOS (142)
NOTÍCIAS (172)
OUTROS (6)
SIMPLES NACIONAL (11)
TRIBUTÁRIO (59)
VOLTAR AO TOPO
Verifique a situação da sua consulta
digitando seu número de protocolo
Desenvolvido
©2021 - Plantão Fiscal
Todos os direitos reservados.